A poesia está em todo lugar
Liduina do Nascimento
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Textos


    

Queixa

 
O seu bem amado se foi de vez da sua vida
Deixando profunda tristeza em sua alma
que precisa agora, reaprender a voar sozinha.
Num chão sem graça você fica,
Numa estrada que não tem mais fim,
procurando as suas asas e se culpando.
A dor aos poucos vai amenizando,
Com o passar do tempo você percebe
Que o voo nunca mais será o mesmo,
Mas, não está vazia, e que pode voar!
Ele se foi, o seu amor não, volte ao céu!,
Sei, tem dia que dói tanto, tanto.
Enxugue o seu pranto,
Para que tanto se queixar?
Quem ama não se queixa, ame puro e simplesmente,
A queixa é para aqueles que  não sabe o que é amar.
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 07/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.