CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
LinksLinks
Um jeito simples de poesia
Liduina do Nascimento
Textos




Preciso que vá



 
Quem disse que é mania de poesia
ou obsessão, fingimento,
Não!
Gosto dela, sou completamente
louca pela lua e a sua cor da noite.
Acontece que ela me encanta,
Dá brilho à minha vida.
Seu rastro chama a minha atenção,
reporta-me a um tempo feliz,
mostrando o que ficou dum amor,
Alegra a minha solidão que ficou.
Faz com que eu tropece, pelas ruas.
Ela vai pelos céus!
Sem saber, vai tonalizando a minha alma
De noite e noites sem cor,
Minha alma que a tem desenhada sempre
diferente, a cada sua nova aparição!
Preciso de sua luz...
Ela
É feito bússola do meu destino.
Vai lua,
Vai e deixa em mim essa suadade,
Vou seguindo o seu encanto
A sua magia de ser tão só!
Vá,
Sem saber da minha vida, 
Sem você, sem uma direção.
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 08/08/2017
Alterado em 12/08/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.