Liduina do Nascimento
Inspirações poéticas, tema livre, nesse poema em construção que é viver.
Capa Meu Diário Textos Perfil
11/01/2021 23h00
Amor e estrelas

Quando um dia sonhei viver um grande amor, eu não tinha imaginação o suficiente para saber como seria, viagens, planos, sonhos juntos, uma casa, um lar, filhos? Como eu poderia descrever uma linda noite em que o  amor me encontrou... Ele não estava vestido para uma festa, ele nasceu poeta, simples, sincero e sonhador, veio banhado de estrelas, e vestido de amor. Com asas de anjo, jeito travesso de menino, sendo um homem por quem para sempre me apaixonei, foi encanto, admiração, loucura, nasceu então esse amor, sem promessas, mas com muita esperança que de mim, nunca se vá, e por onde quer que caminhe tenha uma grande certeza que nunca será passado. O meu amor alimenta-se de fantasias, desejos contido e poesia, o que seria do meu amor sem as palavras. Certamente eu morreria, adoro ter você em minha vida, quando eu quero encontrar com você, caminho pelas estrelas com a certeza de não estar sozinha.

 

 

Liduina do Nascimento

 

 

Publicado por Liduina do Nascimento
em 11/01/2021 às 23h00
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.