CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
LinksLinks
Um jeito simples de poesia
Liduina do Nascimento
Textos





 
Chuva de saudade

 
Não duvide, um dia eu serei o teu desejo mais antigo
Serei alegria pra tua alma
Numa lembrança do meu amor sem fim,
duma fiel verdade
que hoje te aflige e num futuro será o que te acalma.
Isto tudo, num dia bem distante,
Verás que deveria ter sido o meu cavaleiro errante.
Perdido poeta solitário em tua cidade,
Será tarde o teu banho na chuva de saudade,
quando me procurares e eu não mais estiver,
Mas por onde eu andar, te amarei, acredite,
Serei à tua revelia, sempre a tua apaixonada mulher.
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 14/07/2017
Alterado em 15/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.