Liduina do Nascimento
Inspirações poéticas, tema livre, nesse poema em construção que é viver.
Capa Meu Diário Textos Perfil







Da cor do céu e do mar




 
Que sentimento louco, e estranho
que nos absorve,
é o que chamamos de amor,
não é algo que inventamos, está em nós,
sentimento que nos move
faz com que nunca nos sintamos sós.

Raro, enquanto no mundo milhões
de pessoas, a nossa alma encanta-se 
por uma pessoa somente,
é flor rara, da cor do amor
da cor do mar, da cor do céu.

Está no raio de sol,  no brilho sobre as águas
nas pétalas das flores...
Faz as nossas asas voar, e voar!
Por todo o universo...
O amor está.

Não sei falar de mim, sem falar em você
que dá todo colorido à minha vida.

Se eu pudesse, 
daria a você, o meu sorriso mais feliz,
o amor mais verdadeiro, esse você já possui,
Mas
Se eu pudesse, iria olhar docemente
dentro dos seus olhos,
mesmo quando não me vê,
que os ventos
levem a minha vontade e ultrapassem
os limites da distância, que a vida nos deu.

O tempo está se apressando
aos poucos está me levando sem
que eu possa lhe abraçar...

A voz da natureza às vezes é muito pouco
quando não encontro você.
Por isso encontro você em meus sonhos
em qualquer lugar.
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 04/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.