Liduina do Nascimento
Inspirações poéticas, tema livre, nesse poema em construção que é viver.
Capa Meu Diário Textos Perfil
Praia da Lagoinha-Ceará






Adormecer a saudade


M
ar que me toma a alma e a carrega na tua beleza infinita, não quero
ir, quero esquecer um pouco as minhas fantasias, preciso fugir.

Deixe-me ir, não quero me perder em pensamentos, em tuas ondas
e nessa tua cor que me fascina, quero tirar os olhos da linha do horizonte
longe tão longe, onde fui guardar todo o meu amor.

Deixe-me em meu canto quieta e tão sozinha, lembrar que a vida um dia
já me agraciou com a minha liberdade, quiçá um dia ela volte e me jogue
nos braços da felicidade, por enquanto quero beber a brisa que vem das
palhas dos coqueiros, da maresia sentir o cheiro, dormir nesse entardecer
de sonhos tão distantes da minha realidade sem fim,  quero adormecer a saudade, saudade de tudo, saudade da vida, saudade até de mim .
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 15/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.