Liduina do Nascimento
Inspirações poéticas, tema livre, nesse poema em construção que é viver.
Capa Meu Diário Textos Perfil






Milhões de flores



Acordei com uma sensação diferente, trocar
o céu pelo chão, com muita vontade
de pegar um caminho contornado de verde,
e de matos à se perderem de vista, com árvores
derramando flores, dessas pequeninas
que se grudam em nossos cabelos
em desalinho por conta do vento. Queria
o caminho da serra, subindo devagar
para ir parando, sentindo o cheiro de relva,
indo de encontro ao topo, chegar mais perto
das nuvens... E ver de perto centenas de
flores que compõem o miolo do girassol.
E correr com medo das rãs de bananeira,
depois dar risadas ao chegar lá em cima
contando minhas aventuras às primas.

O tempo chuvoso me transporta
estou do lado de fora ...
O dia está gostoso, nessas horas
a minha alma faz a sua viagem pelos
mesmos caminhos dos quais não se cansa,
são gratas recordações de sempre, não
é sonho, estão ao alcance, o meu paraíso
está à me esperar, vez por outra, molho
os meus pés na fonte das lembranças
do meu refúgio preferido na serra, estou
louca para por lá voltar.

 
Liduina do Nascimento
Enviado por Liduina do Nascimento em 17/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.